Buscar economia não significa apenas gastar menos dinheiro e sim gastar seu dinheiro com sabedoria. Entenda como isso se aplica ao buscar o material elétrico mais barato.

No mundo dos materiais elétricos, gastar menos pode significar que, no futuro próximo, você deverá compensar essa economia com gastos que envolvem a troca de todo o material.

Repetidas vezes a indústria elétrica escuta de seus clientes: por que eu compraria um material elétrico profissional e caro quando eu consigo obter os mesmos recursos em uma marca sem nome pela metade do custo?

Bem, parte dessa afirmação é exatamente verdadeira; você pode obter o material elétrico mais barato, mas ele para por aí. Saiba mais.

Razões para não se apostar no material elétrico mais barato

Existem seis razões principais para se apostar em um material elétrico profissional ou “mais caro”. As seis razões: são opções, material, eficiência, segurança, agravamento e tempo.

  • – Buscar economia é uma forma de conseguir juntar ou redirecionar um dinheiro que seria gasto, em algo mais interessante para você – independentemente do prazo.
  • Isso exige mais reflexão do que parece. É fácil ser pego apenas comprando o material elétrico mais barato, contanto que você continue “economizando dinheiro” na sua mente.
  • Infelizmente, comprar barato pode levar a gastar mais – seja em custos de reposição, em manutenção ou não hora de substituir constantemente um material barato.

 

Melhor material ao invés de um material elétrico mais barato

Não é difícil saber que um material elétrico mais barato não vai possuir a mesma eficiência final de uma material de qualidade, além de que existem diversos riscos envolvidos no seu uso.

– A parte elétrica de uma localidade não é algo simples de ser feito – e nem barato.

– Isso significa que qualquer substituição deverá ser feita através da contratação de uma nova equipe profissional – além da que foi contratada para a instalação – voltada apenas para a manutenção.

– A depender do serviço, pode ser até mesmo que essa equipe cobre muito mais caro do que a equipe de instalação por ter que quebrar partes da estrutura a fim de oferecer uma reparo de qualidade.

Será que realmente compensa gastar na compra de uma material elétrico mais barato, gastar em sua instalação, perder tempo com os dias inativos por seu mau funcionamento e ainda gastar com uma nova instalação e compra de material?

Empresas profissionais de materiais elétricos usam o melhor material em suas produções.

– Elas gastam milhões de dólares a cada ano em pesquisa e desenvolvimento e constroem peças mais leves e resistentes pelo material que usam.

– Elas procuram as configurações ideais. Um exemplo simples do material é metal.

  • O primeiro é o aço inoxidável. Existem diferentes graus de aço inoxidável no mercado que essas empresas podem comprar.
  • Uma maneira de um fabricante sem nome manter os custos baixos é comprando um aço inoxidável mais barato (há mais de 60 graus de aço inoxidável).
  • Eles ainda podem anunciar como aço inoxidável, porque tecnicamente, ele é. Usar um aço inoxidável de qualidade inferior ainda pode causar corrosão no interior de um material elétrico mais barato, o que causa desgaste.
  • Do lado de fora apenas parece ruim, para não mencionar o aço inoxidável mais barato é mais frágil.

Eficiência

A eficiência é outro motivo e uma das razões mais importantes de não se apostar no material elétrico mais barato.

Um material elétrico feita com um melhor design é mais eficiente, o que significa que ele pode transferir mais energia da fonte (entrada) para a saída.

Segurança

Algumas dos materiais elétricos mais baratos e sem marca são fabricadas em países estrangeiros.

Não assuma que eles têm o mesmo padrão que outros países. Alguns desses países não têm a tecnologia para fabricar boas máquinas que produzem ferramentas de qualidade.

Além disso, alguns desses países não têm ou leis que podem nem ser aplicadas no Brasil.

Então, essas empresas podem cortar custos. O material pode não ser projetado com bom equilíbrio e pode causar fadiga mais cedo, resultando em ferimentos.

– A segurança é a coisa mais importante a considerar não comprar o material elétrico mais barato.

 

Por que economizar quando você está falando de segurança? Novamente, isso pode não parecer grande coisa, mas lembre-se de que você está lidando com peças elétricas – e que não é uma boa ideia ser negligente com elas.

Conclusão

Ao analisar as formas através das quais comprar um material elétrico mais barato não compensa, aposte em um material que venha de um fornecedor confiável e que tenha, também, bases de funcionamento confiáveis para sua empresa.

Muitas vezes, com uma marca mais barata ou sem nome, você acabará por gastar mais no futuro, substituindo todo o material elétrico mais barato que você acreditou ser uma economia. Não cometa esse erro!