O trabalho que envolve eletricidade, sem a menor sombra de dúvidas, acaba acarretando uma série de riscos, como a segurança e até mesmo a saúde de todos os trabalhadores envolvidos – algo que pode ser amenizado quando se considera o cumprimento da NR10!

A NR10 é uma forma bastante eficiente de se garantir que tais atividades sejam prontamente realizadas de maneira mais segura e sem a eminência de eventuais riscos.

Tais riscos são ainda mais evidentes para a integridade física dos trabalhadores em um projeto que envolva eletricidade.

Diante disso, é de suma importância ficar atento ao seu cumprimento, uma vez que a NR10 comporta uma série de itens destinados à segurança, que vai desde a instalação em serviços em eletricidades à diversos outros conceitos que devem ser adotados ainda na fase inicial de qualquer projeto.

Ignorar tudo isso pode colocar trabalhadores em risco e até mesmo comprometer o andamento do projeto em questão como um todo, uma vez que ele estará ainda mais exposto a vivenciar problemas variados.

Com todos esses aspectos em mente e no intuito de lhe instruir nesse sentido, no decorrer desse artigo você terá a oportunidade de conhecer mais de perto algumas das principais dicas para o cumprimento da NR10!

Portanto, se você tem dúvidas com relação a isso, continue lendo atentamente o conteúdo a seguir e tenha ainda mais embasamento sobre esse assunto agora mesmo! Confira!

Conheça as orientações acerca da NR10 agora mesmo!

Confira abaixo quais são as principais orientações reforçadas por parte da NR10:

  • Primeiramente é fundamental haver uma verificação acerca dos esquemas unifilares presentes nas instalações elétricas, de forma a certificar que os mesmos estão atualizados com todas as especificações do Sistema de Aterramento e outros equipamentos e dispositivos de proteção coletiva – item 10.2.3 da NR10.
  • Considerar a adoção de metidas que sejam de caráter preventivo em meio ao controle de riscos elétricos e demais riscos adicionais. Isso precisa ser amplamente divulgado ao time de colaboradores – item 10.2.1 da NR10.
  • Providenciar a proibição por parte dos colaboradores que operam junto das instalações elétricas ou que atuem de forma aproximada de utilizarem adornos que sejam pessoais em meio às suas atividades – item 10.2.9.3 da NR10.
  • É fundamental manter as instalações elétricas em condições que possam ser consideradas seguras para seu amplo funcionamento. É importante que para essa constatação seja feita uma inspeção e controle periódicos – item 10.4.4 segundo a norma regulamentadora.
  • Outro ponto consiste em submeter os trabalhadores que sejam autorizados a intervirem junto das instalações elétricas a realizar exames de saúde que sejam de fato compatíveis com suas atividades, com finalidade de estabelecer seu bem-estar acima de tudo!
  • É válido ainda garantir um treinamento focado na reciclagem, de maneira contínua e todas as vezes que acontecer uma troca de função, afastamento, retorno de afastamento e outras modificações que sejam significativas.
  • sempre promover uma conferência acerca das instalações e também equipamentos, confirmando se os mesmos se encontram dentro das medidas de proteção contra casos de incêndio ou até mesmo explosão.
  • Manter os trabalhadores bem instruídos quanto a todos os riscos que eventualmente poderão estar se expondo e também sobre os procedimentos que devem ser adotados em circunstancias que exigem uma ação rápida e eficiente.
  • Os serviços de instalação elétrica somente deverão ser feitos em localidades que tenham permissão para o trabalho – e isso deve ser feito de maneira formalizada. – item 10.9.5 da NR10!
  • Promover de forma periódica testes de caráter elétrico ou ensaios laboratoriais dos equipamentos, bem como ferramentas e outros dispositivos isolantes.
  • É de suma importância que se busque meios de garantir que os colaboradores utilizem não somente vestimentas como também utilizem itens que ajudem a estabelecer riscos no ambiente do projeto.
  • Garantir uma profunda analise acerca dos riscos e condutibilidade, inflamabilidade quanto às influências eletromagnéticas, sem jamais descuidar dos aspectos ergonômicos – conforme o item da NR10 10.2.9.2.

Garantir esses principais requisitos propostos pela norma de segurança é sempre o melhor caminho para que o projeto tenha um andamento de fato promissor e dentro das premissas de segurança previamente estabelecidas!

Essas foram as dicas acerca da NR10 – compartilhe esse conteúdo para que mais pessoas tenham conhecimento acerca desses itens agora mesmo!