A tecnologia digital é cada vez mais tecida em todas as operações de negócios e está cada vez mais intrinsecamente ligada à estratégia corporativa e à forma como o setor de vendas atinge seus objetivos. Saiba como alinhar estratégia e tecnologia.

Hoje, as organizações têm a dupla responsabilidade de impulsionar a transformação na eficiência e na contribuição para o crescimento dos negócios e de suas vendas.

Para fazer isso bem, é preciso alinhar suas estratégias de tecnologia e de negócios, como estratégias.

É por isso que as organizações precisam pensar além dos modelos tradicionais de “execução dos negócios” e precisam participar como parceiros estratégicos do negócio. Entenda mais sobre a união entre estratégia e tecnologia.

Como alinhar tecnologia e estratégia no setor de compras?

Para alinhar estratégia e tecnologia, os vendedores devem pensar de forma criativa sobre como usar a tecnologia para aumentar a receita, conquistar novos mercados, reduzir custos e superar a concorrência.

– Somente quando as estratégias de tecnologia e de negócios se alinharem, uma empresa pode justificar o financiamento de investimentos voltados para o potencial de melhoria das operações e do crescimento.

  • Ao alinhar as estratégias de tecnologia e de negócios, o setor de vendas atingirá os 5 principais objetivos:

1-) Criar novas oportunidades de receita.

Durante a próxima década, a maioria dos novos fluxos de receita só será possível através de tecnologias digitais.

– Seja melhorando a experiência do cliente, simplificando o inventário em tempo real ou levando os serviços diretamente ao consumidor, alinhar estratégia e tecnologia tem um grande potencial para mudar os negócios.

– O setor de vendas, que conecta os negócios à tecnologia por meio de um “meio digital” que aproveita uma combinação de soluções de nuvem, automação, Internet das Coisas (IoT) e plataforma para seus objetivos de negócios descobrirá novas maneiras de atender seus clientes existentes e identificar novos.

  •  O setor colherá benefícios significativos de uma nova opção de pagamento voltada para o cliente, introduzindo novas tecnologias ágeis, aplicativos baseados em nuvem e uma plataforma de análise.

 

2-) Pensar como um jovem. 

As organizações e o setor de vendas do futuro provavelmente participarão de uma transformação nunca vista, que precisará se conectar com os funcionários de maneiras totalmente novas.

– A força de trabalho de amanhã é móvel, social e altamente variável.

  • Planejar como tornar os funcionários produtivos, não importa onde eles estejam, é uma parte essencial de como alinhar estratégia e tecnologia pode levar os negócios para o futuro.

Isso significa fornecer serviços e um local de trabalho seguro que una pessoas, processos e tecnologia para permitir que o trabalho seja feito em qualquer lugar, a qualquer momento, em dispositivos preferenciais.

3-) Usar seus dados.

Cadeias de suprimentos globais são cada vez mais orientadas a usar dados e digitalizadores com sensores, análises e recursos de IoT.

Os sistemas de planejamento de recursos empresariais (ERP) e planejamento de recursos de manufatura (MRP) dependem de milhares de interfaces, cada uma das quais é capaz de coletar dados.

Mas, embora os recursos de dados corporativos possam produzir insights revolucionários e informar decisões de negócios e planos estratégicos de longo prazo, encontrar valor nos números requer uma disciplina totalmente nova em torno da análise de dados.

– Portanto, a tecnologia deve trabalhar em nome da empresa para saber em quais recursos se concentrar e os resultados desejados, além de quais dados são significativos para capturar.

4-) Fazer dos usuários seus aliados.

As necessidades dos usuários corporativos mudam dia a dia em um ambiente de vendas cada vez mais dinâmico de hoje.  Manter-se próximo do negócio é um processo contínuo.

  • Promover um relacionamento colaborativo com o negócio que facilite o pensamento inovador exigirá que a tecnologia tenha um profundo conhecimento das estratégias, objetivos e questões competitivas da empresa.

A estratégia tecnológica deve facilitar a integração de negócios, tecnologia e prestação de serviços.

5-) Vender mais rápido. 

As organizações estão implementando rapidamente mecanismos de entrega contínuos, como formas de acelerar a velocidade de introdução de novas soluções no mercado.

Isso requer uma integração rigorosa dos negócios, equipes de desenvolvimento e operações, sendo, basicamente, o resumo do que significa alinhar estratégia e tecnologia.

Nos modelos de entrega atuais, os proprietários de produtos devem ser vistos como co-proprietários com a tecnologia.

– Nas lojas mais bem administradas, as equipes ágeis resolvem os problemas lado a lado, sem saber se a pessoa próxima a ela responde ao negócio ou à tecnologia.

Com o surgimento da tecnologia de várias velocidades, certifique-se de implementar a governança, a comunicação e os processos para gerenciar a velocidade crescente de mudança.

Para convencer os parceiros de negócios a ver a tecnologia como um ativo estratégico em vez de uma commodity, a organização deve compreender e demonstrar que está pronta e é capaz de oferecer suporte a modelos de negócios atuais e futuros.

Quando há o alinhamento entre estratégia e tecnologia, a tecnologia pode inovar e fornecer soluções líderes de mercado como um membro da equipe de negócios – em vez de ser um outsider, enquanto as estratégias levam a empresa aonde ela deseja chegar, usando-a como ferramenta.